fbpx

Não fizemos ainda nem o 1% inicial de redução de tarifa de importação, diz Guedes

A tarifa de importação do Brasil vai cair depois que o Congresso aprovar a reforma tributária, afirmou o ministro da Economia.
Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade
Guedes: Não fizemos ainda nem o 1% inicial de redução de tarifa de importação, falha nossa
"Não fizemos ainda nem o 1% inicial". Tarifa de importação vai cair depois da reforma tributária, diz Guedes. Foto: Alan Santos/PR

“Não fizemos ainda nem o 1% inicial” assim, o ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou que o Brasil precisa reduzir a tarifa de importação média de 14% para 4% para ficar de acordo com a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), mas admitiu que o governo vem falhando, porque ainda não conseguiu diminuir nem 1% nesta administração.

Leia também:

“Falha nossa.” Mas o ministro ponderou que, com a reforma tributária, a tarifa vai cair rapidamente. “Assim que fizermos a reforma tributária, já vamos derrubar 3 pontos porcentuais”, disse.

O ministro admitiu que o governo não andou nem com a reforma tributária nem com as privatizações, mas sugeriu que a estagnação tem relação com a saída dos secretários das duas áreas, Marcos Cintra e Salim Mattar, respectivamente. Na parte das privatizações, Guedes repetiu que há um acordo de centro-esquerda no Congresso que impede que avancem. Conforme Guedes, ele aprendeu a não fazer promessa em Brasília, porque não controla “fluxo”. ”

Tem ministro que gosta de empresa que está embaixo do ministério dele. Não compreenderam a importância das privatizações para derrubar a Dívida/PIB, vendendo empresas estatais que estão perdendo capacidade de fazer investimentos. O Congresso é reformista e os ministros estão colaborando muito. Agora todo mundo entendeu a importância das privatizações e agora nós vamos andar.”

Por outro lado, o ministro disse que o governo avançou em acordos e temas parados há anos, como o acordo com a União Europeia, a reforma da previdência, leilões de petróleo, além de ter entregue a reforma administrativa e o pacto federativo. “Por isso não me preocupa tanto não ter avançado nas tarifas”, dizendo que há uma narrativa de que o governo não entrega o que promete. “Acho que ninguém entregou tanto em tão pouco tempo.”

Confira nosso review:
Cícero Costa
Cícero CostaCEO Xpoents
Leia mais
Sabemos que o sonho brasileiro de ingressar na OCDE é antigo, e para atingir esse objetivo o Brasil precisa reduzir a tarifa de importação média de 14% para 4%. Para mim a expectativa parece boa e anima o mercado, com força de reduzir os custos com a importação e atrair investimentos após o ingresso na OCDE, entretanto, resta saber se o Governo terá capacidade para cumpri-la. E você, o que pensa sobre esse assunto? E quando poderemos sentir os efeitos dessa redução? O Governo brasileiro anseia que as reformas tributária e administrativa sejam aprovadas e que as privatizações sejam consumadas para que a redução da tarifa se torne possível. Ficaremos aguardando, esperando bons resultados.
Descubra como reduzir seus custos na importação de forma 100% segura
Acesse agora nosso e-book e obtenha uma vantagem competitiva em meio aos seus concorrentes.
E-book grátis
WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn

LEIA TAMBÉM:

Fale com um de nossos consultores

Descubra como possuimos uma solução completa para a Gestão Tributária da sua empresa!

Sobre Cícero Costa
Cícero Costa é advogado tributarista, professor de direito tributário, especialista em direito tributário pelo Instituto Brasileiro de Estudos Tributários, com MBA em negociação e tributação internacional e palestrante. Sua atuação prática em mais de 15 anos de experiência fizeram de Cícero um dos maiores especialistas em precatórios e importação em Alagoas.
Descubra como reduzir seus custos na importação de forma 100% segura
Acesse agora nosso e-book e obtenha uma vantagem competitiva em meio aos seus concorrentes.
E-book grátis