fbpx

Formação de Preços de Importados: Saiba como funciona!

Saiba como a formação de preços é uma peça fundamental na rotina de sua empresa e entenda a importância da definição desses preços!
Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Sumário

Quando precisamos fazer as compras de rotina para nossa casa ou empresa sabemos que todo produto e os serviços disponíveis ao cliente no mercado tem, além de um valor, um preço de venda.

Uma vez que, entre esses dois conceitos citados, a única diferença será que o preço virá a ser a quantia desembolsada pelo cliente para obter algo. 

Isso acaba gerando certa dificuldade muitas vezes a empreendedores que ficam sem saber por quanto precificar certo produto, querendo estar sempre à frente de seus concorrentes sem gerar erros em suas escolhas.   

Por isso e por razões de controle de custos e análises essenciais, a formação de preços é uma atividade fundamental na rotina de empreendedores. Sendo assim, é necessário saber que a formação de preços passa por impactos e processos para seu resultado final.

Neste artigo, vamos detalhar cada processo e simplificar o entendimento da formação de preços, para assim ficar mais fácil aplicação em sua empresa ou negócio.

Desse modo, entendendo a importância de definir corretamente os preços que colocará no mercado, e assim, proporcionando um equilíbrio entre as expectativas de seus clientes e a necessidade de lucro por parte da sua empresa.

Com isso, neste breve estudo entenderemos esses processos. Caso tenha interesse, continue a leitura!

O que significa formação de preço?

Precificar uma mercadoria não é assim tão simples, visto que, é necessário todo um processo, tendo em vista que precisa ser suficiente para cobrir as despesas envolvidas em sua produção, de mesmo modo que gere lucro sendo compatível com o mercado e seus concorrentes.

Desse modo, existe toda uma construção na hora de determinar o preço de um produto ou serviço, em que, todos os pontos devem ser levados em consideração.

Assim, com a ajuda e orientação certa, qualquer empreendedor é capaz de colocar a precificação ideal em seus produtos, de modo que atinja os clientes certos, mantendo uma constância em seu negócio, gerando resultados e atendendo as expectativas de seus clientes. 

Vale lembrar que, os que mais pesquisam antes de fazer escolhas são os consumidores, avaliando além do preço, a qualidade do ambiente e tudo em sua volta, de modo que nem sempre o mais barato será o escolhido. Por isso vamos analisar alguns critérios para a formação de preços.

Estabelecimento de custos

De início, devemos ter em mente que todas  as etapas de produção geram custos na operação. Desde os custos da produção, quando o empreendedor decide realizar a compra, até a primeira fase que é o transporte da mercadoria, seu armazenamento, divulgação do produto, e seu destino final. 

Se formos detalhar as etapas de produção da compra de um produto até seu destino final, é algo mais extenso. Por esses motivos, devemos entender que não se pode definir o preço de um produto às cegas, é necessário todo um estudo e análise detalhada do caso.

Pois, se por uma crise ou por concorrência, uma empresa decide diminuir o preço de seus produtos, deixando abaixo do ideal e necessário para manter sua atividade e manter seu mercado, as vendas podem aumentar, mas seu lucro irá apenas diminuir.

Por isso, pode acontecer de em situações extremas ou de dificuldade, a estratégia do seu negócio pode sair completamente do rumo, uma vez que, a formação de preços deve seguir os protocolos de custos da empresa.

Dado que, na contabilização de custos, existem outros gastos além dos citados na etapa de produção da compra do produto, são eles, a logística, mão de obra e custos variáveis como a energia elétrica. 

Ainda podemos citar os chamados custos fixos, como aluguéis e internet, a depender do produto ou serviço que a empresa vende.

Sendo assim, são diversos os custos e despesas que esses custos podem levar, por esse motivo, a ajuda de um contador é imprescindível na hora de entender sobre os custos e despesas de seu negócio. 

Margem de lucros

Após ocorrer o levantamento de custos envolvidos para a produção e fornecimento da mercadoria, e das despesas da mesma, o próximo passo no processo será aplicar a margem de lucro que o seu negócio espera obter com a venda dos produtos.

E sabemos que não tem como essa margem de lucro ser algo padrão, visto que, não dá para vender um produto pelo mesmo preço que comprou, e isso varia de produto para produto.

Isso porque a margem de lucro é o percentual que supera o valor da base, por isso, o empreendedor deve ter uma noção do quanto quer ganhar a mais, sem precificar o produto de modo exagerado, dentro dos preços médios do mercado e que caiba dentro do bolso dos consumidores.

Sem esquecer que deve cobrir seus custos e despesas, e ainda, retornar uma porcentagem à empresa, para assim, não diminuir suas expectativas ou a caracterização de cada produto ou do serviço prestado.

Então, um grande erro dos empreendedores iniciantes é fazer seus cálculos considerando apenas os custos de produção, sem levar em consideração uma margem de lucro que permita ao negócio se tornar sustentável ao longo do tempo.

Embora ter lucro seja crucial, ser cauteloso no momento de aplicar uma taxa de rentabilidade é indispensável. Isso porque o valor de venda deve ser atraente aos olhos de seus clientes, bem como apropriado em relação à concorrência.

Cálculos para lucro no mercado 

Depois de ponderar os pontos mencionados, chegou o momento de incluir a matemática nessa conversa. Para precificar de modo que sua empresa lucre e haja procura de mercado, você pode contar com três tipos de cálculo.

O primeiro cálculo da margem de contribuição é o método de formação de preço de venda mais utilizado. Este cálculo permite que todos os pontos que devem ser considerados no momento de colocar preço sejam contemplados e façam parte dessa matemática.

O cálculo será o seguinte, é necessário pegar o valor da venda menos os custos e despesas, para assim gerar a margem de contribuição.

O segundo cálculo será feito com base no percentual de lucro que se deseja obter com a venda do produto ou serviço. Sendo necessário utilizar o custo inicial mais o percentual das despesas fixas, mais o percentual do lucro esperado, para assim gerar o preço de venda.

O terceiro cálculo, na verdade, não é uma conta, mas sim uma visão mais ampla de mercado. Em outras palavras, para chegar a uma precificação específica para cada produto, faz-se uma pesquisa de mercado, considerando os preços praticados pelas empresas concorrentes.

Nesse tipo de formação de preço, define-se as empresas concorrentes e faz-se um levantamento dos preços de cada produto e serviço. Assim, o preço final da sua mercadoria pode ser estipulado pela média dos preços praticados pelo seu mercado de atuação.

Nessa análise também é possível perceber quais são os gargalos financeiros envolvidos na sua produção, afinal, você consegue mensurar se seus gastos estão mais altos do que deveriam e onde há brechas para reduzi-los e lucrar ainda mais.

Mercado atualmente

O mercado nos dias atuais está em grande constância, onde a cada nova tendência, as empresas acompanham, se adaptando ao que os consumidores vão preferir no momento.

Com isso, um ponto importante será estar na mesma linha da concorrência em termos de inovação e preço, averiguando para que quando ocorrer a formação de preços do seu negócio, não estar nem muito abaixo, nem muito acima da média.

Dando continuidade, como exemplo, imaginemos que na compra de um produto comum do cotidiano, como uma geladeira ou computador, não trará resultados cobrar o dobro que seus concorrentes. 

Além do mais, nos dias de hoje, os consumidores fazem uma vasta pesquisa de preço e qualidade antes de obter algo, com ajuda da internet, ficou cada vez mais acessível comparar preços.

Se não todos, mas a maioria dos consumidores fazem pesquisas antes de realizar a compra, por isso, é importante acompanhar o mercado, os preços praticados e as tendências. Acima de tudo, essa estratégia é importante tanto para a definição do valor base quanto para saber o melhor momento para lançar promoções e ofertas.

Importância da formação de preços

Como viemos falando ao longo do texto, a formação de preço é algo essencial para os empreendedores, com grande importância para manter seu negócio funcionando.

A prática da formação de preço, quando feita da maneira correta, possibilita que você atenda às expectativas de seus consumidores e coloque o seu produto ou serviço em um patamar competitivo.

Tendo em mãos o preço de venda ideal para determinado produto ou serviço, a empresa consegue ter uma visão ampla do negócio, além de visualizar estrategicamente suas próximas jogadas.

O preço final de venda faz com que a empresa tenha noção dos custos necessários para fabricar o produto. Sabendo disso, a empresa pode identificar oportunidades para expandir as vendas, além de reduzir gastos desnecessários.

Além disso, saber cobrar um valor adequado permite que você forme um valor de referência para oferecer descontos e, consequentemente, reter e atrair novos clientes sem que o negócio saia no prejuízo.

Afinal, se um negócio faz a formação de preço inadequadamente, a empresa pode gerar prejuízos, já que a venda destes produtos ou serviços pode não cobrir os custos de produção ou não vender o suficiente, pois o preço praticado afasta possíveis consumidores.

Formação de preços na importação

Antes de nos preocuparmos com a formação de preços após a chegada dos produtos, devemos nos atentar ao passo anterior e inicial, que será a importação da mercadoria comprada.

Do mesmo jeito que temos essa precificação do produto após a chegada, também teremos no processo de importação. E sabemos que o Brasil é um dos países mais burocráticos quando se trata de comércio exterior. 

Por isso, quando for realizar a formação de preços na importação, é necessário considerar todos os impostos e tarifas necessárias no processo de importação.

Um dos passos iniciais será estabelecer todos os custos de serviço envolvendo a importação, alguns deles são obrigatórios, outros não, entretanto são recomendados para você não ter nenhuma surpresa desagradável com sua mercadoria.

Alguns desses serviços são o frete internacional, seguro de transporte internacional para não acabar saindo no prejuízo, inspeção no fornecedor para ter certeza que é alguém confiável, taxas portuárias e de armazenagem, desembaraço aduaneiro, entre muitos outros serviços.

Existem também os impostos e tarifas dentro deste processo, que são os tributos federais divididos em II, IPI, PIS e COFINS, os tributos estaduais que está voltado para o ICMS e as alíquotas que variam de produto para produto.

Porém, nessas operações de importação você também pode ter grandes aliados na precificação de produtos através da redução de alguns impostos, como exemplo temos o Benefício Fiscal, como o de Alagoas, em que, através desse benefício é possível reduzir até 90% do ICMS, o que reduz em até 30% os custos totais da operação de importação.

Benefício Fiscal

E sabemos que além dos tributos, também é necessário avaliar o desembolso que será realizado para arcar com as despesas aduaneiras e com outros custos incidentes durante o processo de importação.

Por isso, todo importador deve buscar outras opções para redução de custos dentro de sua empresa, uma das opções que se destaca é o benefício fiscal, sendo um regime aduaneiro especial, no qual os Estados concedem a isenção tributária, com o objetivo de estimular o desenvolvimento de um setor ou uma atividade econômica.

Para os empreendedores que desejam destaque no mercado é essencial buscar um diferencial competitivo frente aos seus concorrentes, que lhe garanta a possibilidade de reduzir custos e aumentar a lucratividade. 

Um dos benefícios que mais se destaca no âmbito tributário é o concedido pelo Estado de Alagoas, o Benefício Fiscal de Alagoas à importação.

Esse benefício pode ser a melhor opção para sua empresa importadora, de modo que trará junto uma maior segurança nas suas operações de importação.

Esse regime de Alagoas encontra respaldo no Código Tributário Nacional em seu art. 170, que trata sobre a autorização da compensação de créditos tributários com créditos judiciais, na Constituição Federal e na legislação estadual nº 6.410/2003.

Como dito anteriormente, é através desse benefício fiscal de Alagoas que é possível reduzir de até 90% do ICMS, o que reduz em até 30% os custos totais da operação de importação.

Saiba mais sobre o Benefício Fiscal de Alagoas em: Conheça o Benefício Fiscal de Alagoas à Importação (xpoents.com.br)

Para o bom desenvolvimento de sua empresa, de modo competitivo e que possibilite praticar preços atrativos para seus clientes, é essencial ter um bom recurso que possibilita uma grande redução dos custos das operações. 

Utilizar benefícios fiscais pode ser uma boa oportunidade, mas utilizar a Sistemática de Importação por Alagoas é muito melhor, visto que não se trata de um benefício fiscal e possui mais segurança jurídica e permite um planejamento mais amplo e robusto.

Quer saber mais sobre a Sistemática de Alagoas e como reduzir seus custos utilizando-a na importação?  Entre em contato conosco. 

A XPOENTS trabalha há mais de 18 anos com o Benefício Fiscal de Alagoas e conta com parceiros no Comércio Exterior que podem facilitar sua importação com segurança jurídica e redução de custos efetiva. Devemos então planejar bem os custos logísticos, operacionais e cambiais, buscando obter o melhor desenho de operação para você. Nós estamos aguardando seu contato para responder a todas as suas perguntas. Envie-nos um e-mail para contato@xpoents.com.br ou entre em contato através de nosso número: +55 82 3025.2408. E pelo WhatsApp: https://bit.ly/xpoents

WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn

LEIA TAMBÉM:

Fale com um de nossos consultores

Descubra como possuimos uma solução completa para a Gestão Tributária da sua empresa!

Sobre Cícero Costa
Cícero Costa é advogado tributarista, professor de direito tributário, especialista em direito tributário pelo Instituto Brasileiro de Estudos Tributários, com MBA em negociação e tributação internacional e palestrante. Sua atuação prática em mais de 15 anos de experiência fizeram de Cícero um dos maiores especialistas em precatórios e importação em Alagoas.
Descubra como reduzir seus custos na importação de forma 100% segura
Acesse agora nosso e-book e obtenha uma vantagem competitiva em meio aos seus concorrentes.
E-book grátis