fbpx

Balança comercial registra superavit de US$ 7,66 bilhões em agosto

No ano, as exportações superam as importações do país em US$ 52 bilhões. Saldo da balança comercial é o resultado entre as exportações e importações brasileiras.
Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

A balança comercial brasileira registrou superavit de US$ 7,66 bilhões em agosto. No acumulado do ano, as exportações superam as importações do país em US$ 52 bilhões. 

Ministro do STF suspende alíquota zero para importação de armas
[Publicidade]

O resultado da balança comercial de agosto foi divulgado nesta 4ª feira (1º.set.2021) pela Secretaria de Comércio Exterior do Ministério da Economia. É 25,7% maior que o registrado no mesmo mês de 2020 e é recorde para meses de agosto, de acordo com a série histórica da balança comercial, iniciada em 1989.

O superavit comercial é registrado quando as exportações superam as importações do país. Se ocorre o contrário, ocorre déficit comercial.

Em agosto, as exportações somaram US$ 27,2 bilhões e as importações, US$ 19,5 bilhões. Houve alta de 49,2% das exportações e de 61,1% das importações, em relação a agosto de 2020.

AGROPECUÁRIA

Segundo a Secretaria de Comércio Exterior, o volume de exportações foi recorde para meses de agosto. A alta é um reflexo do aumento do volume e dos preços dos produtos exportados puxada, sobretudo, pelas indústrias extrativa e de transformação. As exportações do agronegócio subiram em preço, mas caíram 6% em volume, em relação a agosto de 2020.

“Observamos um embarque menor de milho e café. Todos têm queda de produção esse ano, o que tem motivado a queda do volume”, afirmou o subsecretário de Inteligência e Estatísticas de Comércio Exterior, Herlon Brandão.

A redução da safra de milho e café é um reflexo da seca e das geadas registradas nos últimos meses e também afetou as importações brasileiras. Segundo Brandão, houve um aumento da importação de milho diante disso.

ACUMULADO DO ANO

A balança comercial registrou um superavit de US$ 52 bilhões de janeiro a agosto de 2021. O saldo é 45,7% maior que o registrado no mesmo período de 2020 e um recorde para o período.

Brandão afirmou que o saldo comercial dos 8 primeiros meses de 2021 já supera o resultado da balança comercial em todo o ano de 2020, quando o país teve superavit de aproximadamente R$ 50 bilhões. A expectativa do governo é que o país registre um superavit comercial recorde de US$ 105,3 bilhões em 2021.

De janeiro a agosto, as exportações brasileiras movimentaram US$ 188,8 bilhões e as importações, US$ 136,8 bilhões. O volume de exportações cresceu 37,3% antes o mesmo período de 2020 e também é recorde.

Com o impacto negativo do clima nos embarques da agropecuária, o destaque das exportações brasileiras é da indústria extrativa, que tem sido favorecida pela alta da demanda e dos preços de minério de ferro e petróleo.

Eis o desempenho das exportações brasileiras no acumulado do ano por setor:

  • indústria extrativa: +81,7%;
  • indústria de transformação: 25,6%;
  • agropecuária: 22,2%.

As importações registradas nos 8 primeiros meses de 2021 estão no maior nível desde 2014. São puxadas, sobretudo, pelas vendas de bens intermediários, combustíveis e lubrificantes. Porém, a categoria bens de capital também passou a ter um resultado positivo em agosto.

Eis o desempenho das importações brasileiras no acumulado do ano por categoria econômica:

  • combustíveis e lubrificantes: 52,6%;
  • bens intermediários: 44,2%;
  • bens de consumo: 14%;
  • bens de capital: 1,5%.

 

Fonte: Poder 360

Descubra como reduzir seus custos na importação de forma 100% segura
Acesse agora nosso e-book e obtenha uma vantagem competitiva em meio aos seus concorrentes.
E-book grátis
WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn

LEIA TAMBÉM:

Fale com um de nossos consultores

Descubra como possuimos uma solução completa para a Gestão Tributária da sua empresa!

Sobre Cícero Costa
Cícero Costa é advogado tributarista, professor de direito tributário, especialista em direito tributário pelo Instituto Brasileiro de Estudos Tributários, com MBA em negociação e tributação internacional e palestrante. Sua atuação prática em mais de 15 anos de experiência fizeram de Cícero um dos maiores especialistas em precatórios e importação em Alagoas.
Descubra como reduzir seus custos na importação de forma 100% segura
Acesse agora nosso e-book e obtenha uma vantagem competitiva em meio aos seus concorrentes.
E-book grátis