fbpx

Equipamentos Importados de Iluminação: Como Reduzir Custos?

Descubra como obter vantagens para redução de custos na importação de aparelhos de iluminação!
Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Sumário

Podemos perceber que os equipamentos de iluminação são algo de extrema importância em nosso dia a dia, em que qualquer atividade a ser realizada, será necessário algum aparelho para iluminar, seja no trabalho, em casa ou em alguma atividade rotineira.

Em que, quando falta energia, e não temos os aparelhos de iluminação para nos auxiliar é como se o dia fosse em vão, as atividades param até a energia voltar, trazendo de volta a iluminação.

E a iluminação se faz essencial desde os primórdios de nossa existência, antes conhecida como “luz artificial” sendo utilizadas por velas e lamparinas, e com o passar dos anos o homem desenvolveu as lâmpadas e suas diversidades.

Desse modo, o setor de iluminação foi ganhando espaço e se expandindo até os dias atuais, onde está cada vez mais equipado com produtos inovadores, fazendo com que seja um grande destaque em nosso país.

O que chama muita atenção de importadores que desejam sempre estar com o melhor produto do mercado, sendo um produto de muita demanda por sua essencialidade em nosso cotidiano.

Porém, do mesmo jeito que outros setores importantes, o setor de iluminação também deve ter uma maior atenção quando falamos de importação, visto que, existem burocracias e custos que incidem na operação.

A partir disso, se faz necessário ter cuidados na realização da operação de importação, buscando ajuda de um profissional que ajude a facilitar essas burocracias.

E também é de extrema importância buscar alternativas para redução de custos, para assim, obter vantagens frente aos seus concorrentes do mercado.  

Com isso, explicaremos neste breve estudo como está o setor de iluminação e sua funcionalidade nas importações, mostrando como conseguir vantagens para redução de custos na operação. 

Como está o Setor de Iluminação?

O setor de iluminação está cada vez ganhando espaço no mercado brasileiro, com suas tecnologias e inovações fazendo com que nos desperte a vontade de ter sempre o produto mais tecnológico em nossos ambientes, seja em casa ou no trabalho. 

Visto que, a iluminação faz parte do lar dos brasileiros e de todo o mundo, uma vez que, por meio das lâmpadas, LEDs, lustres, luzes decorativas, entre diversas outras opções de acordo com a criatividade de cada um, é capaz de fazer a transformação de um ambiente de acordo com seus gostos.

Esse setor foi crescendo junto com a modernização do mundo, sendo capaz de se atualizar de acordo com as inovações e tendências da globalização, fazendo com que o setor sempre tenha grande demanda.

Com a pandemia, as LEDs promovidas pelo setor de iluminação viraram uma tendência enorme entre jovens, em que usam apenas as LEDs para iluminar o ambiente, que dão suporte para a criatividade dos atuais criadores de conteúdo.  

Por esse e outros motivos, essa indústria representa uma grande oportunidade de investimento e algo que sempre vai ser necessário na vida do ser humano.

Seu desenvolvimento cresce junto com a economia do país, uma vez que, pela grande demanda do setor, sua necessidade de funcionários é fundamental para manter a indústria.

Processo de Importação e Burocracias

Como sabemos, o processo de importação no comércio exterior é algo que demanda bastante atenção e cuidado, visto que, existem licenças e documentações necessárias mais conhecidas como um pré-requisito para quem quer iniciar uma importação.

Desse modo, por ser algo grande e que necessita de responsabilidade por parte das empresas envolvidas, ocorre a necessidade de encarar a diversidade de sistemas jurídicos e burocracias.

Além do tempo para a entrega, onde dependendo do lugar pode ocorrer atraso, tudo isso engloba uma série de fatores que podem fazer o cliente solicitar o cancelamento do pedido ou de acordos com a empresa colaboradora. 

Muitas vezes ocorre da empresa não querer correr riscos comprando produtos de iluminação internacionais, por ter que enfrentar muita burocracia e estar vulnerável ao sistema de fiscalização da Receita Federal Brasileira.

Pois, a Receita Federal é responsável por fiscalizar e regular a entrada e saída de bens do exterior, tanto no sentido das importações como das exportações.

Algumas ações que minimizam essas burocracias nas importações são os interessados na compra utilizarem recursos do controle com a automação de processos e poderem arranjar despachantes aduaneiros para o desembaraço de mercadorias.

Impostos na importação

Do mesmo modo que a importação de outros setores, a do setor de iluminação também precisa estar dentro da lei, para que sejam evitadas situações de dificuldade no seu processo de importação.

Desse modo, é de extrema importância para quem vai entrar no mercado das importações ter em dia suas documentações e fazer cálculos para se certificar das despesas ao longo de todo o processo, sem ocorrer problemas no desembaraço e sem ter surpresas durante o processo.

Outra coisa que deve se atentar é que as transações do Brasil com o exterior apresentam vários requisitos, como os custos da importação que impactam o seu lucro e a precificação de produtos. 

Quando for realizar uma importação é ideal buscar sempre o melhor valor possível sem esquecer a qualidade da operação. Por isso, é necessário entender o que acontece com gastos e burocracias envolvidos, para assim, encontrar as melhores opções para seu negócio.

Saber quanto você vai pagar nas operações de importação, é uma forma de melhorar a negociação e evitar imprevistos. Afinal, os valores impactam no processo e podem até inviabilizar as transações.

Alguns desses custos vão derivar do valor do produto importado, uma vez que, dependerá do produto escolhido pelo importador. 

Mas o importador deve estar atento à tributação pois, existem os impostos e contribuições que serão pagos ao governo, que juntos determinará a taxa final de importação, são eles o Imposto de Importação (II), Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI), Programa de Integração Social (PIS), Imposto sobre Circulação de Mercadoria e Serviços (ICMS) e por fim o imposto de Contribuição para Financiamento de Seguridade Social (COFINS).

Sendo um dos fatores que encarecem o processo de importação, sendo necessário buscar soluções para redução de custos, conforme veremos mais à frente.

A logística também é considerada um custo aos importadores em suas operações, pois inclui gastos de transporte, manuseio e armazenamento da carga. Porém, há casos em que pode ocorrer a redução desses custos, através de parceiros experientes e de bons desenhos de operação.

Na parte operacional, existem custos dentro dos meios burocráticos, e até com o próprio despachante aduaneiro que se relaciona com o desembaraço e a entrega da mercadoria.

Os custos internacionais do seu processo de importação podem deixar mais caro ou mais barato dependendo da negociação. E por fim os custos fixos e variáveis, que, quando não calculados corretamente podem trazer prejuízos.

Redução de Custos

Para o importador conseguir reduzir todos os custos citados ele deve ter um bom planejamento logístico, comparando os fretes, juntamente com os custos de armazenagem de onde realizaria o desembaraço aduaneiro.

E os benefícios fiscais concedidos pelos diversos Estados Brasileiros, podem reduzir os custos e trazer uma maior segurança jurídica.

Benefício Fiscal

Entende-se que os Benefícios Fiscais são descontos na cobrança de impostos, baseados em normas jurídicas. A partir deles é possível ter a redução dos custos na importação, visto que, representa um menor custo e possibilita o diferencial competitivo.

Além dos benefícios oferecidos pela legislação, o Estado de Alagoas se destaca na concessão de benefícios, assim, é possível reduzir ainda mais os gastos com a operação de importação sem enfrentar burocracia.

ICMS Alagoas
[Publicidade]

Com o Benefício de Alagoas, é possível ter uma redução de até 90% do ICMS, o que representa uma diminuição de  20% dos custos totais das operações.

Para conseguir o benefício é preciso somente a circulação simbólica da mercadoria, não é necessário que o produto passe em sua forma física pelo Estado de Alagoas. Assim, a mercadoria pode ser desembaraçada em qualquer porto ou aeroporto brasileiro e depois ser encaminhada para qualquer outro estado.

Nesse sentido, se o objetivo da sua empresa for alcançar a lucratividade com baixo custo, destacando-se no mercado de forma competitiva, a importação de aparelhos de iluminação utilizando o benefício fiscal de Alagoas é uma ótima opção.

Posto isso, são várias as vantagens para a importação de aparelhos de iluminação que podem ser garantidas com a adesão ao Benefício Fiscal de Alagoas, devendo-se observar os procedimentos técnicos necessários através de um especialista em Benefício Fiscal para garantir o sucesso com segurança jurídica.

Sendo assim, o Benefício Fiscal de Alagoas é seguro e pode ser facilmente aplicável à sua operação, devendo ser bem planejada e executada, além disso, atua dentro das balizas jurídicas, reduzindo os riscos com à importação.

A XPOENTS trabalha há mais de 18 anos com o Benefício Fiscal de Alagoas e conta com parceiros no Comércio Exterior que podem facilitar sua importação com segurança jurídica e redução de custos efetiva. Devemos então planejar bem os custos logísticos, operacionais e cambiais, buscando obter o melhor desenho de operação para você. 

Ficou interessado em saber mais sobre o Benefício Fiscal de Alagoas? Nós estamos aguardando seu contato para responder a todas as suas perguntas. Envie-nos um e-mail para contato@xpoents.com.br ou entre em contato através de nosso número: +55 82 3025.2408. E pelo WhatsApp: https://bit.ly/xpoents.

WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
Entre em contato conosco

Descubra como possuimos uma solução completa para a Gestão Tributária da sua empresa!

Sobre Cícero Costa
Cícero Costa é advogado tributarista, professor de direito tributário, especialista em direito tributário pelo Instituto Brasileiro de Estudos Tributários, com MBA em negociação e tributação internacional e palestrante. Sua atuação prática em mais de 15 anos de experiência fizeram de Cícero um dos maiores especialistas em precatórios e importação em Alagoas.