fbpx

Guerra da Rússia afeta importação brasileira de ferro, plástico e maquinário da Ucrânia

Ucrânia computava crescimento de 196% nas exportações feitas ao Brasil antes de ser invadida pela Rússia; entenda impacto do conflito na economia brasileira.
Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Ataque militar da Rússia à Ucrânia, comandando por Vladimir Putin, interrompe crescimento das importações brasileiras de ferro, aço, plástico e maquinário ucranianos.

No sexto dia da invasão da Rússia à Ucrânia, os impactos econômicos da ofensiva militar não se restringem mais ao continente europeu e se alastram pelo sistema econômico global. No Brasil, os ataques russos ao território ucraniano terão impacto direto na importação brasileira de produtos como ferro, plástico e maquinário industrial vindos da Ucrânia. 

A relação comercial do Brasil com a Ucrânia estava em crescimento acelerado até o início das invasões russas. Em 2021, as importações brasileiras de produtos ucranianos somaram US$ 211 milhões (dólares americanos). O valor representa um crescimento de 196% no comparativo com 2020, conforme aponta estudo do Centro Internacional de Negócios do Ceará, vinculado a Federação das Indústrias do Estado (Fiec).

Na base das transações comerciais entre Brasil e Ucrânia estão produtos à base de ferro e aço, que sozinhos computam acumularam alta de 728% no volume das importações feitas pelo Brasil em 2021 versus 2020. No contexto geral, a Ucrânia representa 53% de todo o mercado fornecedor de tais produtos ao Brasil, fato que deve impactar diretamente nos preços deles no mercado nacional.

O ajuste nos preços será uma resposta em cadeia já que devido ao conflito com a Rússia, a Ucrânia não conseguirá atender a demanda brasileira e a suspensão repentina das entregas gera um desequilíbrio no mercado internacional desses produtos. 

Outros produtos vendidos pela Ucrânia e comprados pelo mercado brasileiros que serão impactos com a guerra da Rússia são os segmentos de plásticos e suas obras e o setor de maquinário. Apenas a cadeia de plástico ucraniano teve um aumento de 383% nas importações brasileiras ao longo do último ano, enquanto a compra de maquinário industrial cresceu 35%. 

Atualmente a Ucrânia ocupa o 75º lugar como mercado consumidor para as exportações brasileiras, sendo o 63º exportador. Em 2021, as exportações brasileiras para a Ucrânia resultaram num montante de  US$ 226,8 milhões.

Evolução das importações do Brasil vindas da Ucrânia

  • 2019: US$ 106.685.707
  • 2020: US$ 71.500.724
  • 2021: US$ 211.429.917

Principais produtos importados pelo Brasil da Ucrânia

  • Ferro: US$ 111.704.954
  • Plásticos e suas obras: US$ 44.507.704
  • Máquinas, aparelhos e materiais elétricos e suas partes: US$ 16.806.453

Fonte: O Povo

WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn

LEIA TAMBÉM:

Fale com um de nossos consultores

Descubra como possuimos uma solução completa para a Gestão Tributária da sua empresa!

Sobre Cícero Costa
Cícero Costa é advogado tributarista, professor de direito tributário, especialista em direito tributário pelo Instituto Brasileiro de Estudos Tributários, com MBA em negociação e tributação internacional e palestrante. Sua atuação prática em mais de 15 anos de experiência fizeram de Cícero um dos maiores especialistas em precatórios e importação em Alagoas.
Descubra como reduzir seus custos na importação de forma 100% segura
Acesse agora nosso e-book e obtenha uma vantagem competitiva em meio aos seus concorrentes.
E-book grátis